Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 18 de outubro de 2014

Movimento ANTI-SELFIE e a consagração do ocultação nas redes sociais

Ocultar defeitos para parecer mais agradável é o lema das redes sociais. Então, veneramos os programas editores de fotos, por eles possibilitarem que isso aconteça. Em 2014 surgiram as selfies. Um movimento onde o lema é " descobrir o melhor angulo do seu rosto, fotografa-lo e depois esconder, através deu um app, o que você acha feio em sua face", seja uma espinha ou um nariz. O movimento tomou proporções mundiais, e até virou alvo de pesquisa cientifica. Kim Kardashian foi considerada a líder da "revolução" selfie, e os demais ativistas somos nós: pessoas comuns, que almejam dominar a técnica que faz um conjunto de filtros fotográficos ser tão mágico quanto uma cirurgia plastica, ou um tratamento dermatológico. 

Os que já estudaram alguma das revoluções que ocorram em nosso mundo, sabem que em todas elas existiram grupos contrários àquelas novas idéias. No nosso caso, esses também não tiveram forças o suficiente para sessa-las, e as selfies acabaram sendo consagradas. 

Mas, como diz um filósofo que eu esqueci o nome: "Toda revolução traz consigo o fruto de sua própria destruição". E para comprovar esse pensamento apresento a você o movimento ANTI-SELFIE.

Acredito que o fruto estragado que está ocasionando a destruição é um conjunto de pessoas que não conseguiram dominar a técnica que eu falei no começo do texto. Junto com outro composto por uma galera inconstante, metida a futurista, cansada dos "filtros instagram". E por fim, por algum grupo de elite que não ver mas graça em tirar fotas da mesma maneira que o proletariado tira. Esconder o rosto por completo agora é a nova onda entre parte dos jovens da Geração Z. 

Desde os primórdios das redes sociais viemos lutando para alcançarmos um equilíbrio entre o mostrar e o não mostrar. Mais agora, graças ao ANTI- SELFIe, esse esforço começa a não fazer mas sentido. O total ocultamento se apresenta como uma solução para os nossos problemas. Então, proponho aqui um lema para tal movimento revoltista: "Para que ocultar detalhes, se você pode esconder seu rosto por inteiro, e mesmo assim parecer legal?"


Fiquem agora com algumas anti-selfies legais que eu achei na internet. Deixei as melhores pro final.

ps: a base do texto é a ironia, então não pensem que odeio o ANTI-SELFIE, as selfies, os filtros ou as redes sociais. Até porque, faço uso de todos esses. 


ps2: Aplicativo que lançou essa moda de esconder o rosto nas fotos: SLMMSK 














segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Para amar: Todas las hojas son del viento

Já vai fazer um ano que eu ouvi essa música pela primeira vez. Sou encantado por tudo nela; melodia,  letra.
A maneira em que eu a descobri,  assistindo uma das minhas series prediletas ( A Menina Sem Qualidades), também me conquistou. Aquela cena é linda, e sempre que lembro dela eu a revejo.  
Enfim, o lance é que o contexto em que essa música está envolvida é muito especial para mim. 
Dai tirei algumas fotos e percebi que elas casavam-se perfeitamente com essa canção. 

As fotos foram tiradas da sacada da minha casa. 





quinta-feira, 9 de outubro de 2014

OOTD: 05-10-2014





















Para se inspirar: videos


Como já foi dito no último post do blog, o Psicotendência entrou em uma nova fase onde a maioria das postagens que passaram a existir , remeteram à primavera 2014. Mas acalmem-se, isso não durará para sempre. Você, caro leitor, não desenvolverá uma aversão às flores se continuar acompanhando meu blog pelos próximos 2 meses, por conta da enxurrada de conteúdos relacionados, de alguma forma, a elas.

Também quero deixar claro que a atual estação não resume-se a tendências do tipo "estampas florais com fundo preto"; mesmo tendo começado o texto falando sobre elas, levando o leitor a pensar dessa maneira. Sim, estou me contradizendo. Mas essa foi a unica introdução que eu consegui criar, e que realmente me agradou.  

Acredito que ainda exista invernistas lamentando o fim de sua estação predileta, por isso escolhi falar sobre algo que eles tanto amam: sobreposições (pesadas). Elas, meus amados leitores, continuaram sendo feitas, porém agora as jaqueta de couro serão substituída por alguma peça de tecido leve e com movimento. 

Há também uma mudança na paleta de cores, que se apresenta em uma mistura de tons suaves com cores vivas. Sim, novamente tivemos as Cand Colors nas passarelas.  O que confirma que a moda é mesmo a industria que mais reaproveita os frutos do seu trabalho. 

E por fim, tenho aqui uma tendência que os leitores simpatizantes do movimento hippie e naturalista vão adorar: Tecidos Naturais. Eles estão se manifestando de um modo sofisticado, e eu estou adorando isso. A presença da transparência também foi confirmada nessa estação. 


Fique agora com quatro fontes de inspiração.

ps: assumo aqui o compromisso de não me limitar a falar apenas dessa estação nos próximos post.






Esse vídeo foi o que me motivou a fazer este post. Estou apaixonado por esse "sapato feito"




sábado, 4 de outubro de 2014

OOTD + Costura: Primavera

Resolvi entrar de vez no clima das flores/primavera e fiz esse colete. Não sei o nome do tecido. O comprei porque adorei a sua textura.
A temporada romântica do Psicotêndencia está oficialmente inaugurada.